Com 24 golos sofridos até ao momento na Liga NOS, Jorge Jesus tem visto uma espécie de tradição das suas equipas 'esfumar-se': a consistência defensiva, que costuma fazer das formações por si orientadas das menos batidas do campeonato. Um aspeto que o técnico admite que tem de rever, mas mesmo assim não deixa de enviar uma 'bicada' a quem segue o seu padrão.

"Não tem sido só característica das minhas equipas, pois leva a reboque outras. Mas não quero falar disso... Temos um modelo defensivo que muitas equipas também têm. É verdade: normalmente as minhas equipas são as que sofrem menos, mas este ano não está a acontecer. Temo-nos debruçado sobre isso e o caminho é o que temos feito nestas últimas semanas. De modo a tentar equilibrar ao máximo as nossas ideias defensivas, pois não deixam dúvidas. Foram elas que fizeram as minhas equipas serem as menos batidas. Um padrão que muita gente segue... Por isso temos de trabalhar em cima dessa ideia e trabalha-la, de a melhorar. Temos 14 jogos para melhorar, pois temos capacidade para tal. Já o disse: a última linha de quatro é a mesma da segunda volta do ano passado", recordou o técnico leonino.

Autor: Fábio Lima