Record

Jaime Marta Soares recebe petição para AG extraordinária sexta-feira

Em causa está o levantamento da suspensão dos membros do anterior Conselho Diretivo

• Foto: Tiago Sousa Dias 
O presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG) do Sporting anunciou que remete para sexta-feira, pelas 11:00, a receção e avalição do requerimento de uma Assembleia Geral extraordinária com o objetivo de apreciar o levantamento da suspensão dos membros do anterior Conselho Diretivo.

Um grupo de sócios, encabeçado por Nuno Sousa, pretendia proceder à entrega do requerimento hoje às 17:30, tendo enviado um e-mail às 16:13 a Jaime Marta Soares, aproveitando a sua presença no Estádio José Alvalade, em Lisboa, por causa do final do prazo para a entrega das candidaturas às eleições, que terminou esta quinta-feira às 18:00.

No entanto, Marta Soares respondeu às 17:01 informando-os de que os receberia somente na sexta-feira, pelas 11:00, em Alvalade.

"A entrega do requerimento tem de ser acompanhada pelas assinaturas, as quais têm de ser conferidas. Tem de se entregue ao presidente da MAG e não a um funcionário dos serviços administrativos. Da primeira vez disseram que tinham 777 assinaturas, mas depois verificou-se que só tinham 765. Leva o seu tempo. Ameaçaram logo que iam comparecer acompanhados pela polícia. Não se respeitam formalismos, eles é que mandam, são os donos do clube", desabafou o presidente da MAG.

A petição em apreço terá de ser analisada pelo departamento jurídico e implica uma série de decisões, nomeadamente o da escolha do local que terá de ser suficiente para receber todos os sócios que queiram comparecer e dispor de todas as condições de segurança.

Jaime Marta Soares só vê a Altice Arena, em Lisboa, com condições para a eventual realização da que é agora requerida, mas lembra que o custo do espaço para a Assembleia Geral de 23 de junho, da qual resultou a destituição do anterior Conselho Diretivo, liderado por Bruno de Carvalho, ascendeu a 250 mil euros.

Questionado se tem um prazo para responder à petição, o presidente da MAG negou que assim seja: "Não há prazo. O requerimento tem de ser analisado pelo departamento jurídico. Mas o Sporting já tem uma Assembleia Geral Eleitoral marcada para 08 de setembro".

Marta Soares lamentou o clima de guerrilha permanente e a ausência de referências institucionais, mas quer levar a sua missão até ao fim mantendo a calma, para depois sair de cena com a consciência tranquila por ter respeitado sempre as normas, os estatutos e a lei.

Na comunicação enviada pelo grupo de sócios ao presidente Jaime Marta Soares, assinada por Nuno Sousa e a que a Lusa teve acesso, em causa está um requerimento subscrito por associados com um "número (manifestamente) superior a mil votos".

O primeiro subscritor diz que esta vontade já foi manifestada na segunda-feira, por ocasião da entrega da lista encabeçada por Bruno de Carvalho, sem que lhe fosse indicada uma data para a sua formalização.

"Do nosso lado, e dada a urgência do tema em questão, (a apreciação do levantamento da suspensão aos membros do Conselho Diretivo e de Trindade de Barros) confirmamos que estamos disponíveis e interessados em dar cumprimento ao desejo, que é um direito, destes sócios", lê-se na missiva.

Nuno Sousa anunciava que iria estar presente esta quinta-feira no Estádio José Alvalade, pelas 17:30, aproveitando a presença de Marta Soares nas instalações leoninas, dado o fim do prazo para a entrega de candidaturas para as eleições de 08 de setembro.

No dia 27 de julho, Nuno Sousa chegou a reunir-se com Marta Soares, para entregar as assinaturas para a realização da AG extraordinária e a formalização da candidatura de Bruno de Carvalho, que foi rejeitada.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M