Jorge Jesus confessou que gostou mais da exibição do Sporting "até Alan Ruiz sair". O técnico explicou assim a diferença entre as duas partes no jogo deste sábado com o Nacional.

"Depois [de Alan Ruiz sair] a equipa perdeu qualidade de jogo, perdeu ideias de jogo ofensivamente - defensivamente esteve praticamente sempre serena e controlou as poucas possibilidades do Nacional. Gostei da primeira parte. As substituições pioraram a equipa, perdeu a qualidade de jogo que tinha. Pensei que os dois jogadores que entraram podiam dar velocidade com e sem bola, mas foi o contrário", frisou o treinador à Sport TV.

Em todo o caso, os leões somaram mais três pontos e marcaram através do suspeito do costume: "O Bas Dost foi a cereja em cima do bolo, mais dois golos".
Por fim, o treinador do Sporting admitiu que queria um terceiro golo, mas salientou que a equipa preferiu controlar o resultado que já tinha construído.

"Foi pena que a equipa não procurasse o terceiro golo. Preocupou-se em defender o 2-0. Não é que isto seja a aminha mentalidade, mas também tenho de criar essa mentalidade com o tempo que estiver aqui com estes jogadores, porque a cultura vencedora trabalha-se em várias componentes", concluiu Jesus.

Autor: Luís Miroto Simões