Jorge Jesus mostrou-se desagradado com a falta de apoio dos adeptos do Sporting no encontro com o Moreirense, lamentando que as bancadas não tenham dado mais apoio aos seus pupilos quando estes mais precisavam.

"Mais uma vitória difícil, mas é muito fácil expulsar os jogadores do Sporting. Mais uma vez, a jogar com 10. Os adeptos não souberam ajudar a equipa. Começaram a assobiar quando estava a jogar com 10 e precisava de ajuda. Há que partilhar o sacrifício que os jogadores tiveram hoje. Metade da equipa está doente e não pôde jogar. Em vez de perceberem isso, foi ao contrário. Mais uma vez, os meus jogadores mostraram que são dignos de vestir esta camisola. Estamos nas frentes todas. É isto que o Sporting estava habituado todos os anos. Queremos disputar todas as decisões", começou por dizer o treinador leonino à 'Sport TV'.

William e Coentrão foram apenas alguns dos jogadores que, devido a uma virose, falharam este encontro, algo que Jesus lamentou: "Como é óbvio, assim custa mais. Ristovski, Piccini, Fábio Coentrão, Palhinha, William, todos com um ataque gripal fora da equipa. Mais o Doumbia que jogou meio abanado e com febre, mas tinha de ir para o jogo. Com um jogador a menos… Os meus jogadores foram espectaculares. Os adeptos lá bateram palmas depois de estarmos a ganhar 1-0", disparou o treinador.

"Só para lembrar… O Sporting está nos 16 avos de final da Liga Europa, está a disputar o campeonato, na meia-final da Taça de Portugal, já ganhou a Taça CTT. Está nas frentes todas e é isto que tem de ser qualificado e acrescentado. Esta equipa não vira a cara merece ter sorte, carinho, mas não é só quando ganha. Hoje ganhou mais uma vez, mas merece ter carinho", rematou Jesus.