João Palhinha foi o substituto do castigado William no clássico e Jorge Jesus reconhece que o jovem médio entrou mal no jogo, o que permitiu ao FC Porto ganhar um ascendente decisivo, acabando assim por derrotar o Sporting por 2-1.

Na estreia, Soares precisou de 6 minutos para fazer isto
"Acho que se defrontaram duas grandes equipas, ao nível da outra, ambas a querer ganhar. O FC Porto foi melhor na primeira parte porque o João Palhinha não levou o guião certo para se poder enquadrar com o que estava a acontecer. Perdeu-se durante meia-hora e isso foi fatal para nós. Ao intervalo recompusemos a estrutura em função do que queríamos, anulámos o FC Porto a nível ofensivo e marcámos um golo", analisou o técnico leonino em declarações à 'Sport TV'.

Matheus Pereira foi outro dos jovens que começou de início e, neste caso, de forma inesperada tendo em conta aquilo que tem sido o onze dos leões nos últimos tempos. Jesus explicou a sua opção: "O Matheus já tinha sido lançado num jogo contra o FC Porto. Tinha o Joel [Campbell] e o Bruno [César] lesionados e não tinha muitas soluções para o lugar. É um jovem e lembro que hoje jogámos com seis da formação, 10 nos 20 convocados. Isto paga-se. Como o caso do Palhinha. Estamos a dar um passo atrás para dar dois à frente".

Jesus enumera dois casos com influência no resultado

Jesus enumera dois casos com influência no resultado


Autor: Bruno Fernandes