Jorge Jesus lamentou que o Sporting tenha apresentado duas faces no empate com o Moreirense (1-1), tendo tido um rendimento mais fraco no primeiro tempo e crescendo no segundo, o que acabou por não ser suficiente para evitar os primeiros pontos perdidos no campeonato.

Sobre o jogo: "Motivo para o empate? Aconteceu futebol, na primeira parte não foi a equipa que foi na segunda. Jogou q.b. à espera quer o golo aparecesse e sem ser intensa, como foi na segunda. Depois tivemos que tentar não perder e fizemos uma segunda completamente diferente com querer e alma. Podíamos ter marcado mais mas isso não é importante agora, pois não ganhámos. Também temos de dar mérito ao Moreirense, que soube defender. Fomos uma equipa com duas partes distintas: uma segunda com poder e crença, onde tivemos várias hipóteses de fazer o 2-1."

Se a equipa pensou nas próximas partidas: "penso que não, os jogadores têm de pensar como nós fizemos, é jogo a jogo. Hoje importante era ganhar aqui e mostrar o que fizemos na segunda parte. O jogo com o Barcelona é outro dia. Na parte primeira houve alguns que não estiveram ao seu nível, o que fez com que a equipa não rendesse."

Situação física de Acuña, que não jogou: "Acuña lesionou-se, um problema no jogo com o Marítimo do qual não teve tempo para recuperar. Penso que vai estar a 100 por cento contra o Barcelona."

Jogadores do Sporting pensaram no Barça? Não acredito, diz Jesus

Jogadores do Sporting pensaram no Barça? "Não acredito", diz Jesus