Contratação de última hora do Sporting, para colmatar a saída também no derradeiro dia de mercado de Jonathan Silva, o defesa esquerdo Lumor esteve com um pé e meio no PSV Eindhoven e, ao que parece, estava tudo pronto na Holanda para receber o ganês. Mas mesmo tudo...

Segundo o canal televisivo NOS, o emblema de Eindhoven tinha acordo verbal com o Portimonense para um empréstimo até final da temporada, ficando na altura a faltar apenas a chegada do lateral ganês àquela cidade holandesa para fazer os necessários exames médicos, algo que o PSV esperava que acontecesse no decurso da tarde de terça-feira.

A situação parecia de tal forma garantida por parte dos holandeses que até foi enviada uma equipa de reportagem de vídeo para acompanhar a chegada do jogador ao aeroporto de Schiphol. Estava tudo pronto para receber o ganês... só faltou mesmo aparecer o jogador. A equipa de reportagem esperou, esperou, esperou... e, enquanto isso, o Sporting antecipava-se e, num movimento relâmpago, assegurava Lumor em definitivo, oferecendo ao jogador um contrato de quatro temporadas e meia.

Quanto ao PSV, ficou de mãos a abanar e terá de se 'resolver' até final da temporada sem um lateral esquerdo que há muito procurava (desde o arranque da época, na sequência da saída de Jetro Willems para o Eintracht Frankfurt), conforme admitiu Phillip Cocu. "Estávamos há muito à procura de um defesa esquerdo e é irritante quando as coisas não dão certo no último momento. Podíamos e devíamos ter feito as coisas de outra forma", admitiu o técnico, ao canal televisivo NOS.

Até podia ter sido pior...

E se o falhanço na contratação de Lumor deixou Cocu à beira de um ataque de nervos, refira-se que tudo poderia estar bem pior por esta altura para os lados de Eindhoven. É que, também perto do fecho do mercado, o PSV recusou uma proposta do Sevilha pelo atual titular no lado canhoto (Joshua Brenet). Já imaginou se a mesma fosse aceite...? O PSV não só ficaria sem o seu alvo principal, como também iria perder o lateral titular!

Autor: Fábio Lima