Miguel Veloso é um nome na agenda do Sporting para reforçar o meio-campo. O jogador está sem clube, depois de terminar contrato com o Génova, e por isso está livre para decidir o futuro. O médio internacional português, de 32 anos, agrada à estrutura dos leões, mas o processo só avançará mediante o aval de José Peseiro e se William Carvalho ou Battaglia, ou ambos, saírem de facto do plantel, eles que, como se sabe, rescindiram contrato por justa causa na sequência do ataque à Academia.

Na verdade, a SAD só equaciona reforçar a posição mediante a saída dos jogadores, mas esse cenário é cada vez mais provável. William está a negociar com o Betis, embora haja outras possibilidades para o seu futuro e o Monaco ganhou força nas últimas horas [ver peça]; Battaglia é pretendido na Alemanha e já transmitiu a ideia de continuar a carreira fora de Alvalade.

A contratação de Miguel Veloso terá de passar sempre pelo crivo de José Peseiro, que chegou a trabalhar com o central e médio em 2004/05, isto apesar de o jogador não ter feito qualquer encontro. Na época seguinte, Veloso foi para o Olivais e Moscavide e, por isso, não trabalhou com o técnico.

Jogador recetivo a voltar

O Sporting é um clube especial para Miguel Veloso, que nesta fase da carreira está na disposição de ponderar o regresso mediante as condições certas. Caso a SAD avance para a contratação, o jogador está disponível para se sentar à mesa e negociar contrato.

No Sporting, Miguel Veloso tem a oportunidade de rever Nani, com quem tem uma grande relação de amizade. O regresso do extremo pode, aliás, ser um trunfo.


Autores: Alexandre Moita e Vítor Almeida Gonçalves