Nuno Saraiva avisou esta quinta-feira que o Sporting pode deixar de emprestar jogadores aos clubes que subscrevam as propostas feitas pelo G15, os clubes ditos não-grandes que se têm reunido nas últimas semanas.

"O Sporting está a ponderar seriamente deixar de emprestar aos clubes da primeira liga que entendam subscrever as propostas que foram feitas", referiu o diretor de comunicação dos leões à Sporting TV.

"Boa parte destas propostas, o Sporting tem matérias sobre quase todas elas. É suis generis perante aquilo que tem sido o papel do Sporting que entendam que devemos ficar de fora deste desejo de resolução", acrescentou.

Nuno Saraiva disse ainda que o Sporting aguarda as propostas acerca da arbitragem e alertou que, até ao momento, não se adivinha nada de bom: "É uma tentativa de emancipação dos clubes aos chamados três grandes. O que o Sporting entende dizer, até porque estamos curiosos em relação às propostas sobre a arbitragem, é que aquilo que é conhecido até agora não é de modo nenhum algo que possamos adivinhar como positivo. Apesar de algumas propostas estarem em linha com o que queremos, ainda assim entendemos que no seu conjunto não adivinham algo de positivo. Não temos a certeza que haja um desejo sério e inocente de melhorar aquilo que está mal no futebol português".

BTV na mira

O diretor de comunicação do Sporting deixou ainda uma farpa à BTV, televisão do Benfica, usando o polémico fora de jogo no clássico entre as águias e o FC Porto: "Se fosse um jogo transmitido pela BTV, o Salvio, tal como o Seferovic, não aparecia na imagem. Só dois dias depois".

Autor: Alexandre Moita