A saída de William Carvalho pode ser uma realidade em breve. Ao que o nosso jornal apurou, o Shakhtar Donetsk, que é treinado pelo português Paulo Fonseca, também está na corrida pelo internacional português. Os ucranianos estão na iminência de perder o brasileiro Fred (que está a ser negociado com o Manchester United) e veem no jogador do Sporting um bom substituto para fortalecer o meio-campo. A dificuldade poderá estar em convencer William Carvalho a rumar à Ucrânia, apesar de ter a oportunidade de usufruir de um contrato bem vantajoso do ponto de vista financeiro.

O médio está a estudar a rescisão unilateral por justa causa e a sua intenção, sabe Record, passa por dar o salto para uma liga mais competitiva, como a inglesa, de onde também não faltam interessados na sua contratação. É o caso do Everton. Marco Silva, que foi apresentado no clube de Liverpool, identificou o camisola 14 como um dos alvos prioritários para 2018/19 e, nesse sentido, esperam-se novidades para breve.

Milhões de Inglaterra

Segundo foi possível perceber, junto de fonte bem colocada, o Everton estará disponível para chegar aos 20 milhões de euros por William. Apesar dos últimos acontecimentos, porém, a SAD do Sporting só admite negociar o jogador, de 26 anos, por valores próximos dos 30 milhões de euros. As conversas podem intensificar-se, até pelo conhecimento que Marco Silva tem de William, que treinou no Sporting em 2014/15.

Rumar à Premier League é, há muito tempo, um desejo de William, que já esteve muito perto de representar o West Ham. O Everton é um potencial destino, mas da Ucrânia surge agora a concorrência Shakhtar Donetsk. William tem contrato até 2020 e está blindado por 45 M€ de cláusula. Resta saber se haverá negociação com o Sporting ou se o luso-angolano avança mesmo para a rescisão, de modo a ficar livre de escolher o futuro. Como Patrício, William prefere uma saída a bem. E não rescindirá se Bruno de Carvalho entretanto se demitir.

Autores: Alexandre Carvalho e Alexandre Moita