Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Via reaberta para acordo com jogadores que rescindiram

Chegada de Varandas pode ajudar a resolver rescisões fora da justiça. Processo é prioritário

• Foto: Pedro Ferreira
Amigos, amigos, negócios à parte. Frederico Varandas herda uma situação complexa de litígio com os jogadores que rescindiram e ontem o novo Conselho Diretivo, por intermédio de João Sampaio, já fez saber que o Sporting não irá facilitar. Ainda assim, a entrada em funções de outro presidente reabre uma possibilidade de diálogo que estava fechada e que a própria Comissão de Gestão, por ser um órgão transitório, não poderia reabrir. A partir de agora, não será como começar do zero, visto que há decisões em que já não é possível voltar atrás, mas existe a firme convicção de que há margem para encontrar uma solução negociada, que evite o prolongar de um conflito na Justiça, seja na FIFA ou no Tribunal Arbitral do Desporto. As condições para que tal aconteça estão reunidas, desde logo porque o Sporting tem novos dirigentes, mas uma das premissas mais importantes tem justamente a ver com a relação próxima de Frederico Varandas com os jogadores, nomeadamente Rui Patrício, de quem é amigo. O argumento, por si só, não resolverá o problema, já que um entendimento terá de passar sempre pelo Wolverhampton e pelo departamento jurídico do Sporting, mas o facto é que a relação de confiança entre o antigo diretor clínico e Patrício pode ajudar, e muito, a desbloquear um acordo.

Lógica semelhante poderá aplicar-se a Daniel Podence, tendo este em comum com Patrício o facto de ser representado por Jorge Mendes. O empresário tem estado afastado da realidade do Sporting nos últimos anos, em virtude das dificuldades de relacionamento profissional com Bruno de Carvalho, mas estará agora igualmente disponível para colaborar em soluções para este processo que é prioritário em Alvalade. Em última instância serão os clubes a decidir o caminho. A diferença está nos dirigentes e, com Varandas, Mendes também poderá acrescentar algo.

Hugo Viana pode estabelecer pontes

Um dos trunfos garantidos e apresentados por Frederico Varandas durante a campanha eleitoral foi Hugo Viana, um antigo jogador formado no clube leonino que irá assumir a responsabilidade das relações internacionais. O antigo médio mantém ligações a Inglaterra e a Jorge Mendes e, desta forma, também poderá ser um interlocutor importante para estabelecer pontes, no caso concreto com o Wolverhampton. Durante a sua carreira o minhoto foi representado pela Gestifute, que garantiu a sua colocação no Newcastle e, posteriormente, no Valencia, clube ao qual esteve ligado antes de regressa a Portugal, para representar o Sp. Braga.
Por João Soares Ribeiro e Vítor Almeida Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M