Depois da goleada (4-0) sofrida com o Boavista, o V. Setúbal respira de alívio por voltar a atuar, domingo, frente ao Rio Ave, no conforto do Bonfim, estádio que há quase três meses é talismã para os sadinos. Desde 10 de dezembro de 2017, dia em que foram goleados (0-5) pelo FC Porto, os comandados de José Couceiro não voltaram a perder perante os seus adeptos.

Desde o duelo com os dragões, em jogos do campeonato, a equipa setubalense empatou com Estoril (2-2) e Sporting (1-1) e venceu o Belenenses (3-0) e P. Ferreira (1-0). O saldo recente positivo contrasta com o facto de o Vitória não ter ainda vencido como visitante. Com propensão para somar mais pontos quando atuam perante os seus adeptos – dos 21 pontos que a equipa tem 17 foram obtidos em Setúbal e apenas quatro fora de portas –, os jogadores tudo farão para manter esta tendência.

Se juntarmos a estes dados os números obtidos na Taça CTT, constata-se que o Vitória – que tem nos últimos seis jogos disputados em Setúbal um saldo positivo de golos (11-6) – vem de um ciclo de seis partidas sem perder, graças ao triunfo sobre o Sp. Braga (2-1) e ao empate (2-2) com o Benfica, que eliminou as águias.

Autor: Ricardo Lopes Pereira