O treinador do V. Setúbal acredita que a sua equipa pode surpreender no reduto do Rio Ave e conquistar sábado o seu primeiro triunfo fora na Liga NOS, em encontro da 8.ª jornada (20H30).

Em conferência de imprensa, realizada esta sexta-feira no Estádio do Bonfim, José Couceiro alerta para a necessidade de a sua equipa aproveitar as oportunidades que cria no decorrer do jogo.

"Vamos ter de fazer um jogo intenso e estar muito concentrados. Claramente, temos de ser mais eficazes na finalização. Temos potencial e capacidades para poder criar problemas porque todas as equipas têm aspetos em que não são tão fortes", disse.

Com seis golos marcados em sete jornadas, o técnico revelou que durante a semana de trabalho deu particular atenção ao capítulo da finalização.

"Mais do que dizer, há que fazer, corrigir e trabalhar no campo esse aspeto para podermos melhorar. Os jogadores são os primeiros a estar conscientes que temos de melhorar. Temos trabalhado para que isso aconteça", afirmou.

José Couceiro não acredita num Rio Ave fragilizado por não vencer há quatro jornadas, esperando, pelo contrário, uma entrada acutilante do adversário, lembrando que os vila-condenses defrontaram Benfica (1-1) e FC Porto (1-2) nesse período.

"Espero que entrem muito fortes no jogo, porque querem inverter o ciclo de quatro jogos sem vencer. Esse é um contexto pontual. Começaram bem o campeonato e têm estado bem. Os jogos com Benfica e FC Porto não eram fáceis. Receber dois 'grandes' não é exatamente o mesmo que jogar com equipas de valor semelhante. A discrepância é muito grande", frisou.

O treinador volta a não poder contar com os contributos do defesa Patrick Vieira, dos médios Jacob Adebanjo e João Teixeira e do avançado Yannick Djaló, todos a cargo de departamento médico do clube.

Autor: Lusa