A Liga de Clubes enviou para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol um ofício a requerer urgência numa decisão relativa ao recurso apresentado pelo Real depois de o Conselho de Disciplina ter desqualificado o clube por utilização irregular do jogador Abou Touré na eliminatória com o Belenenses.

O organismo liderado por Pedro Proença enviou o pedido na passada quinta-feira, tendo prescindido da contestação ao recurso apresentado para permitir uma decisão célere do Conselho de Justiça. A Taça CTT é uma das competições em que a Liga tem investido e que conta com um ‘main sponsor’.

Neste momento, e por efeitos do recurso do Real, estão suspensos os encontros dos grupos A e B, uma vez que se for dada razão ao clube de Massamá-Monte Abraão haverá alterações na constituição das séries.

Recorde-se que depois da Comissão de Instrutores ter enviado a 29 de agosto o processo para o Conselho de Disciplina, este decidiu a 13 de setembro a desqualificação do Real. O Conselho de Justiça terá a última palavra.