Mohcine Hassan, filho do avançado marroquino Hassan, que jogou no Benfica nas épocas 1995/96 e 1996/97, é um dos nomes mais sonantes do plantel do Olhanense e espera "um grande jogo" sábado. "O que me disse o meu pai? Para me divertir e marcar um golo, se a oportunidade surgir."

Jogar contra um dos grandes "é sempre um momento especial e já vivi essa experiência quando, pelo V. Setúbal, defrontei o FC Porto. Sabemos da valia do Benfica mas na Taça por vezes acontecem surpresas e queremos fazer um bom jogo e mostrar qualidade, pois dessa forma estaremos mais perto de fazer história".

O Benfica vive um momento difícil mas para Mohcine Hassan "isso não é relevante, pois quererão seguir em frente e irão apresentar uma equipa muito forte". Assim como é relevante, garante, o Olhanense vir da primeira derrota da época, com o Oriental. "Foi um percalço e queremos dar uma resposta positiva já sábado."

Jota, lesionado, e Amessan, que não está inscrito, são os indisponíveis no Olhanense.

Autor: Armando Alves