Os responsáveis do emblema algarvio não esperam que o Estádio Algarve esteja lotado. "Acreditamos que a assistência será de 8, 9, 10 mil espectadores", explica Luís Torres.

Ou seja, no máximo, estará meia casa. A capacidade do recinto é de 28 mil lugares, mas, sem as bancadas de topo (dois terços estão encerrados), desce para 21 mil.

Definido o palco do encontro, os bilhetes vão agora ser colocados à venda, mantendo-se a data (dia 14) e o horário (19h00). Mesmo sendo um jogo de Taça de Portugal, Torres adianta que o Benfica "receberá quantidade substancial de bilhetes", asseverando: "Vamos vender ingressos também a adeptos do Benfica."

Explicando que a possibilidade de a receita ser oferecida pelas águias aos algarvios não foi aflorada, frisou que a prioridade é encontrar uma forma de transportar os adeptos do Olhanense para o estádio, situado a cerca de 18 quilómetros da cidade.