Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Ricardinho: «Alimento o sonho de ganhar um Mundial»

Quer chegar ao título que lhe falta no âmbito das competições oficiais da FIFA e da UEFA

• Foto: Filipe Farinha
Ricardinho ainda saboreia uma época de 2017/18 "a todos os títulos fantástica, tanto na Seleção como no clube", e já coloca a fasquia mais alta, depois de festejar uma inédita conquista de um Europeu por Portugal.

"Foi a minha maior conquista e enorme motivo de orgulho e creio que o nosso futsal tem agora outra visibilidade", assinala a estrela lusa, referindo-se ao feito alcançado na Eslovénia, em fevereiro último.

O jogador confessa: "Já ganhei todas as provas oficiais da UEFA e da FIFA à exceção de uma, um Mundial de seleções, e alimento esse sonho."

Em Portimão para participar na Record Masters Cup, Ricardinho avalia o torneio: "Uma oportunidade para ganharmos ritmo, com vista ao nosso primeiro compromisso oficial, a Supertaça espanhola, contra o Jaén, dia 6 de setembro."

O Inter Movistar "está longe do que pode e vai fazer ao longo da temporada, à imagem do que sucedeu na edição do ano passado, e defrontará outras equipas com mais ritmo, sem que deixe de lutar pelo melhor resultado em cada jogo".

Os objetivos da equipa espanhola passam, diz Ricardinho, "por chegar às finais, que é o mais difícil, e depois ganhá-las, tanto a nível interno - em que conseguiu um inédito quinto título consecutivo -, como nas provas internacionais". A formação da estrela portuguesa optou por manter a base da época passada, "tendo entrado apenas três jovens da equipa B, enquanto o Barcelona voltou a investir muito e o El Pozo foi buscar o treinador campeão do Mundo pela Argentina, pelo que enfrentará, seguramente, muitas dificuldades".

Apoio aos companheiros

Depois da conquista do Europeu, e no regresso ao clube, Ricardinho viveu "uma situação pela qual já tinha passado mas no lado oposto". "Perdi finais com Espanha e quando voltava era mimado e acarinhado por todos e agora estavam cinco ou seis colegas do outro lado com o ânimo em baixo, depois de verem Portugal festejar o título..." Algo solucionado "pela união do grupo, ajudando esses jogadores a recuperar emocionalmente".

Ricardinho e Falcão não se defrontam em Portimão e o português considera "uma pena isso não acontecer, mas as pessoas vão desfrutar com quatro jogos entre equipas de grande valor e seguramente haverá momentos fantásticos de futsal".

"O Ronaldo do futsal!"

A sessão de lançamento do livro de Ricardinho ‘A magia acontece onde há dedicação’, no Algarve, superou as expectativas e o auditório da Portimão Arena, com capacidade para 200 pessoas, foi pequeno para acolher todos os interessados.

Ricardinho confessou "estar a viver um momento único, com tanta gente presente" e dirigiu-se aos mais jovens, dizendo que "nem todos serão Ronaldos ou Ricardinhos, mas poderão sempre chegar mais além. Acreditem, trabalhem, superem-se!" Seguiu-se uma sessão de autógrafos e fotos que durou mais de uma hora.

Antes, a presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, elogiara a iniciativa e o atleta: "Temos connosco o Ronaldo do futsal e isso é uma honra para o município e um incentivo para os jovens", disse.
Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M