A Seleção Nacional feminina voltou a empatar (1-1) esta terça-feira com a congénere da Finlândia - repetiu-se o resultado registado no sábado -, em mais um jogo de preparação a pensar no Mundial'2019, mas o selecionador Francisco Neto não deixou de fazer um balanço positivo dos dois encontros com a equipa nórdica.

"Não estivemos tão organizados na primeira parte a nível defensivo e tivemos dificuldades em encontrar espaços vazios para chegar à área finlandesa. Na segunda parte, reagimos e tivemos mais domínio e ascendente. Contudo, o empate é um resultado justo", adiantou o técnico português após a partida realizada hoje em Santa Maria da Feira.

"O balanço final destes jogos de preparação é positivo. É óbvio que gostaríamos de ter vencido, mas aquilo que conseguimos produzir nos dois jogos deixa-nos felizes. Ambas as segundas partes dos jogos estiveram mais próximas do registo que pretendemos para esta equipa", acrescentou Francisco Neto.

"Sabíamos que a Finlândia é uma equipa com um jogo vertical, que aposta no futebol em profundidade, mas na segunda parte conseguimos ter mais bola e algumas oportunidades. A equipa esteve melhor e controlou mais o jogo", referiu ainda o selecionador, mostrando confiança para a qualificação do Mundial'2019: "Só um Portugal ao mais alto nível poderá lutar pelo melhor nos oito jogos de apuramento para o Mundial. Esta equipa é de desafios. Os obstáculos acabamos por ultrapassá-los."

Autor: Lusa