Numa convocatória renovada, Rúben Neves foi uma das novidades e, depois do duelo com os Estados Unidos, deixou claro que, independentemente de quem Fernando Santos escolha, a Seleção Nacional estará sempre bem servida.

Sente que ganhou espaço?

"Não ganhei mais espaço. Continuo igual. Continuo a ter de trabalhar no meu clube para ver o que pode acontecer. Mas qualquer jogador que o míster escolha certamente ficaremos bem servidos no Mundial. Felizmente temos essa facilidade, pois temos um plantel enorme e qualquer jogador que for dará o seu melhor"

Bom trabalho no Wolves dá esperanças?

"O nosso trabalho no dia a dia ajuda a ter oportunidades depois. Mas importa sim pensar no presente. Não vamos fazer previsões, pois temos muito para trabalhar e para fazer até ao Mundial"

Conversas com Fernando Santos

"O míster sempre disse, até à imprensa, que não há lugares definidos. Estamos todos a tentar o mesmo, que é chegar ao Mundial e certamente que ficaremos bem servidos, independentemente de quem for escolhido"

Autor: Fábio Lima