A Seleção Nacional Sub-15 não foi esta quinta-feira além de um nulo frente à Áustria, num encontro particular que foi realizado em Torres Novas. O selecionador Filipe Ramos referiu que a formação lusa poderia ter vencido e passou a explicar, em declarações ao site da FPF:

"A espaços e em determinados momentos, conseguimos dominar a partida e poderíamos ter terminado com outro resultado. De qualquer das formas, não deixo de fazer um balanço positivo do jogo e do estágio."

O primeiro jogo com a congénere austríaca havia terminado com um 2-0 favorável para Portugal.

Ficha de jogo:

PORTUGAL: Pedro Simões, Luís Pinheiro, Mamadou Koné - cap., Rodrigo Vaza, Bavikson Biai (Paulo Moreira, 45'), Afonso Sousa (Diogo Brás, 43'), André Almeida, Diego Batista (Romário Baró, 43'), Sérgio Velosa (Mário Ferreira, 27'), Tiago Rodrigues (Ricardo Campos, 43') e Pedro Justiniano.

Suplentes não utilizados: Tiago Silva, Gonçalo Loureiro, Pedro Álvaro, João Oliveira,  Bernardo Sousa.

Treinador: Filipe Ramos.

ÁUSTRIA: Aric Haimburger, Lorenz Leskosek (Matteo Meisl, 36'), Benjamin Wallquist - cap., Vesel Demaku, Alexander Freismuth, Romano Schmid, Tobias Anselm, Julian Buchta (Christoph Klarer, 54'), Fabien Markl (Ogulcan Bekar, 60'), Lukas Sulzbacher (Maximilian Boonstoppel, 36') e Martin Krienzer (Daniel Markl, 51').

Suplentes não utilizados: Belmin Jenciragic e Tim Linsbichler.

Treinador: Herman Stadler.