Portugal empatou este domingo com a Polónia a três golos, depois de ter estado em vantagem três vezes, adiando para a última jornada a decisão sobre a qualificação para o campeonato da Europa de sub-17.

A seleção portuguesa teve na mão o primeiro lugar do Grupo 3 da Ronda de Elite de qualificação, mas deixou-se surpreender por uma sólida Polónia.

O derradeiro jogo, com Espanha, vai definir a presença de Portugal, atual campeão da Europa da categoria, em maio, na Croácia, no próximo Europeu.

Como no primeiro jogo com a Grécia, Portugal marcou na primeira vez que chegou à baliza contrária. Romário Baró serviu de calcanhar Rafael Camacho para o 1-0, aos sete minutos.

Tudo parecia bem encaminhado para a seleção nacional ter uma tarde tranquila na Marinha Grande, mas a Polónia mostrou-se bem mais madura do que a Grécia e criou muitas dificuldades a Portugal.

Com saídas rápidas para o ataque e forte pressão sobre o português que tentava organizar jogo, os polacos superiorizaram-se em muitos momentos.

Aos 16 minutos, chegaram ao empate, num passe que rasgou a defesa nacional e permitiu a Sobol desviar para a baliza.

A seleção lusa abanou e a Polónia podia ter passado para a frente do marcador, num cabeceamento de Kiwior ao poste.

Adaptando-se melhor ao forte vento contra, Portugal voltou à vantagem numa boa jogada rápida pela direita, após entendimento entre Embaló e Rafael Camacho, que tornou a marcar.

Mas a Polónia mostrava-se muito perigosa sempre que saía com a bola controlada. Aos 34 minutos, Zurawski foi derrubado por Celton Biai e Kiwior fez o 2-2 de grande penalidade.

Mais consistente, a Polónia dominou a segunda parte, apesar de Portugal ter entrado melhor, com Pedro Neto a obrigar o guarda-redes Mrozek a desviar para a barra após um canto.

Encurralado pela pressão dos polacos, Portugal sentia muitas dificuldades, mas voltou a colocar-se em vantagem perto do fim, numa grande penalidade assinalada por empurrão de Zalewski a Pedro Neto na grande área.

Umaro Embaló converteu o 3-2 e a vitória parecia certa. Mas a Polónia não baixou os braços e, no último minuto, Sobol cabeceou para o 3-3, deixando as decisões para a derradeira jornada.

Na quarta-feira, Portugal, que lidera o grupo, vai defrontar a Espanha, que soma menos um ponto do que a equipa das 'quinas', depois de ter perdido hoje frente à Grécia, no Estádio Municipal da Nazaré, às 16:00.

Jogo no Estádio Municipal da Marinha Grande.

Portugal - Polónia, 3-3.

Ao intervalo: 2-2.

Marcadores:

1-0, Rafael Camacho, 07 minutos.

1-1, Sobol, 16.

2-1, Rafael Camacho, 28.

2-2, Kiwior, 35.

3-2, Umaro Embaló, 78 (grande penalidade).

3-3, Sobol, 80.

Equipas:

- Portugal: Celton Biai, Koné, Pedro Álvaro, Tiago Djaló, João Oliveira (António Gomes, 77), Afonso Sousa, André Almeida (Bernardo Sousa, 54), Romário Baró, Umaro Embaló, Pedro Neto e Rafael Camacho (Daniel Simões, 77).

(Suplentes: João Gonçalo, Daniel Simões, Bernardo Sousa, Pedro Justiniano, António Gomes, Pedro Ganchas e Jocu).

Treinador: José Guilherme.

- Polónia: Mrozek, Zalewski, Walukiewcz, Kiwior, Grabowski, Zurawski, Król, Skóras (Starzycki, 67), Tabis (Szwed, 61), Praszelik (Norkowski, 74) e Sobol.

(Suplentes: Golunski, Stefaniak, Szwed, Welniak, Norkowski, Brzezowski e Starzycki).

Treinador: Robert Wojcik.

Árbitro: Espen Eskas (Noruega).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Praszelik (30), Kiwior (68), Pedro Álvaro (74), Zalewski (78), Norkowski (80+1) e Koné (80+1).

Assistência: Cerca de 300 espectadores.

Autor: Lusa