Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Equipa de Sá Pinto empata no Luxemburgo, mas não evita adeus à Liga Europa

Estreia do treinador português aos comandos do Légia Varsóvia

Ricardo Sá Pinto não conseguiu hoje evitar a eliminação do Légia Varsóvia na terceira pré-eliminatória da Liga Europa, na estreia do treinador luso na liderança da equipa polaca, frente aos luxemburgueses do Dudelange.

Os tricampeões polacos, que tinham caído na primeira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, frente aos irlandeses do Cork City, voltaram a ceder, ficando a um golo de conseguir virar a eliminatória.

A derrota (1-2) consentida na Polónia não abria boas perspetivas e a primeira missão de Sá Pinto complicou-se ainda mais quando os luxemburgueses chegaram aos 2-0: os seus pupilos, incluindo o português Cafú, titular, ainda reagiram, com dois golos do guineense Kanté, ainda assim insuficientes para a passagem.

O Leipzig, de Bruma, apurou-se e poderá encontrar o Sporting de Braga, caso os 'arsenalistas' confirmem esta noite o favoritismo frente aos ucranianos do Zorya.

Com o internacional luso a entrar apenas aos 64 minutos, os germânicos, que tinham vantagem de 3-1, adiantaram-se no marcador em casa dos romenos do Universidade Craiova pelo austríaco Sabitzer (39), permitindo o empate aos 85, através de Petre, numa equipa que contou com Tiago Ferreira a partir dos 73.

O Besiktas, de Pepe e Quaresma, que entrou apenas na segunda parte, qualificou-se apenas no último minuto, com golo do espanhol Alvaro Negredo, na derrota 2-1 em casa dos austríacos do LASK Linz, que tinham perdido 1-0 na Turquia.

O Sevilha, de Daniel Carriço -- o reforço André Silva ainda não podia jogar nesta eliminatória --, foi à Lituânia com magra vantagem 1-0 frente ao Zalgiris, mas a viagem tornou-se um 'passeio', concluído com expressivo 5-0.

Pedro Martins apostou em Daniel Podence para o 'onze' dos gregos do Olympiacos, que venceram por 3-1 em casa do Lucerna, confirmando o apuramento, depois de já terem vencido em casa por 4-0.

Os romenos do Cluj, dirigidos por António Conceição 'Toni', golearam o Alashkert, por 5-0, depois do triunfo por 2-0 na Arménia.

Os cipriotas do APOEL de Bruno Baltazar, que apostou em Nuno Morais para o 'onze', começaram por sofrer golo dos israelitas do Hapoel Beer Sheva, mas deram a volta e impuseram-se por 3-1, seguindo em frente, depois do 2-2 na primeira mão.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga Europa

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M