O RB Salzburgo qualificou-se esta sexta-feira para a final da UEFA Youth League, ao vencer o Barcelona, por duas bolas a uma. Os austríacos até começaram a perder, mas, no segundo tempo, conseguiram dar a volta à partida disputada em Nyon na Suíça.

Vitória justa do Salzburg, que dispôs das oportunidades de golo mais flagrantes, algumas delas em resultado de erros defensivos da equipa catalã. O Barcelona, por seu turno, marcou no único remate certeiro à baliza austríaca.

A energia demonstrada pelo conjunto do RB Salzburgo deve ser elogiada. Depois de um período de algum apagamento, no início do segundo tempo, aumentaram o ritmo e foram recompensados com uma vaga na final de segunda-feira.

O Barcelona adiantou-se no marcador, aos 19 minutos, por intermédio de Jordi Mboula, que trabalhou bem na área, depois de receber um passe da direita, de Dani Morer, e antes de atirar ao canto mais distante da baliza contrário.

Igualaram os austríacos, à passagem do minuto 63, por Hannes Wolf, que recolheu um mau alívio de Sergi Puig na quina da área e não necessitou de qualquer convite para atirar certeiro para o fundo das redes.

A 'remontada' ficaria completa aos 84 minutos, com Hannes Wolf de novo em evidência. O médio passou curto para o coração da área, onde Daka Patson, disparou sem hipótese de defesa para o guarda-redes catalão. 

O Salzburgo fica agora à espera de conhecer o nome do adversário na final da competição, que sairá do confronto entre Real Madrid e Benfica, que se disputa igualmente esta sexta-feira, a partir das 16 horas.

(Atualizada às 14h26)

Autor: João Lopes