A seleção angolana de futebol estreou-se este sábado com uma derrota por 3-1, em Ouagadougou, frente à congénere do Burkina Faso, nas eliminatórias da Taça das Nações Africanas (CAN) de 2019, a realizar nos Camarões.

Os homens da casa estiveram quase sempre por cima na partida, sobretudo devido a Bance, que, entre os 22 e os 42 minutos, colocou por duas vezes a bola no fundo das redes angolanas. Pelo meio, o avançado Gelson, do Sporting, ainda restabeleceu a igualdade, aos 23 minutos.

Em jogo de estreia oficial do hispano-brasileiro Beto Bianchi, também técnico principal do Petro de Luanda, como selecionador angolano, os palancas negras não tiveram argumentos para contrariar o domínio dos homens da casa.

Foi com naturalidade que Traoré, aos 79 minutos, fechou o marcador com o 3-1 final, aproveitando para tal algum balanceamento da equipa angolana, que ainda tentava o empate na altura.

Antes desta partida, realizada na capital do Burkina Faso, os palancas negras realizaram um estágio de preparação em Portugal, entre 27 de maio e 7 de junho, escolha justificada por vários jogadores da seleção atuarem na Europa, indicou anteriormente à agência Lusa fonte da Federação Angolana de Futebol.

No outro jogo do grupo I de apuramento para a final do próximo CAN, o Botsuana perdeu em casa, por 1-0, com a Mauritânia.

Angola já marcou presença por sete vezes numa fase final do torneio continental africano, mas falhou as edições de 2015 e de 2017.

Autor: Lusa