Messi anunciou o adeus à seleção argentina esta madrugada e parece que não ser o único, a avaliar pelas palavras de Kun Agüero, avançado do Manchester City, que não especificou de quem se trataria.

"É provável que o Messi não seja o único a tomar a decisão de uma retirada internacional [da seleção]", disse Agüero, acrescentando que a derrota no final da Copa América "é a mais dura de aceitar".

Autor: Lusa