O presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), Alejandro Dominguez, admitiu esta quarta-feira a possibilidade incluir países latinos europeus na Copa América.

"Não me limito a pensar numa Copa América com a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe [CONCACAF]. Sonho com uma prova com países latinos como a França, Itália, Espanha e Portugal. Podemos organizar uma competição diferente", disse Alejandro Dominguez.

O dirigente comentava o sucesso da Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos, e admite também "analisar" novas futuras organizações da competição fora da zona geográfica dos países envolvidos.

"É preciso analisar. E não apenas quanto ao número de espetadores, muito bom, com média de 45.000 por jogo, mas também os 1,5 mil milhões de pessoas que viram a Copa América na televisão", disse.

Alejandro Dominguez defende que, no futuro, a CONMEBOL "negoceie melhor os direitos televisivos para uma melhor redistribuição pelas federações e seus filiados, clubes e jogadores".

O dirigente, que se congratula com o "bem" que a medalha de ouro olímpica do Brasil vai fazer ao futebol da região, também confia no "processo de reconstrução" da CONMEBOL depois de vários dirigentes terem sido presos devido a casos de corrupção.

Autor: Lusa