As federações da Alemanha e da Turquia oficializaram esta quarta-feira, na sede da UEFA, as candidaturas à organização do Campeonato da Europa de 2024, anunciou o organismo.

O secretário-geral da UEFA, Theodore Theodoridis, referiu que a decisão do Comité Executivo do organismo "vai ser difícil", garantindo que a UEFA está "empenhada num processo de eleições justo e transparente".

A Federação Alemã de Futebol (DBF) anunciou a intenção de se candidatar à organização da competição em 1 de março, com o presidente do organismo, Reinhard Grindel, a considerar que o país tem todas as condições para vencer.

"O Euro'2024 poderá ser um projeto emblemático para todo o futebol alemão", disse Grindel, acrescentando: "O país tem estádios e recursos para fazer uma prova económica e ecologicamente sensata".

A Federação Turca de Futebol (FTF) anunciou a sua candidatura um dia depois, com o presidente Yildirim Demioren a destacar o facto de nos últimos anos o país ter remodelado ou construído 32 estádios, o que lhe confere vantagens em termos de infraestruturas.

A Alemanha recebeu recentemente o Mundial de 2006, enquanto a Turquia nunca organizou um grande torneio, apesar de já ter tentado ficar com o Campeonato da Europa em três ocasiões. Nas três, acabou sempre derrotado por outra candidatura.

As federações nacionais tinham até 3 de março para entregar as candidaturas, podendo agora apresentar até 27 de abril do próximo ano os dossiers finais.

O Comité Executivo anunciará a candidatura vencedora em setembro do próximo ano.

Autor: Lusa