A Inglaterra venceu esta segunda-feira a Eslováquia, por 2-1, em partida da 2.ª jornada do Grupo A do Campeonato da Europa de sub-21, mostrando-se bem lançada para atingir as meias-finais do torneio que está a decorrer na Polónia.

Este resultado obtido em Kielce é especialmente interessante para o conjunto britânico, já que a Eslováquia vinha de uma vitória sobre a anfitriã Polónia.

Melhoraram hoje os polacos, com um empate 2-2 com a Suécia - arrancado em tempo de compensações, na conversão de um penálti. Não ficam ainda eliminados, mas dificilmente chegarão às meias-finais.

A Inglaterra vai comandando, com 4 pontos, contra 3 da Eslováquia, 2 da Suécia e 1 apenas da Polónia.

Em Lublin, a Suécia dominou territorialmente a partida e esteve na frente até ao minuto 90, quando Flip Dagerstall fez um penalti totalmente desnecessário (derrube por puxão de Piatek), que Kownacki rematou para golo, aos 90'+1.

Lukasz Moneta adiantou o marcador, aos 6 minutos, mas, depois, a Suécia tomou conta do jogo e fez a reviravolta - golos de Carlos Strandberg, aos 36', e de Jacob Une-Larsson, aos 41'.

Apenas na reta final, a Polónia evitou a eliminação precoce de uma competição de formato invulgar - são três grupos de quatro equipas com apuramento para as meias-finais a ser garantido para os vencedores e o melhor segundo.

Em Kielce, o jogo foi muito equilibrado e a Inglaterra acabou por ser mais afortunada. Chrien abriu o marcador para a Eslováquia com um excelente cabeceamento, após o que Mawson empatou para a Inglaterra, no início do segundo tempo (50), antes de Nathan Redmond garantir o triunfo depois da hora de jogo (61), com num remate que ainda sofreu um ligeiro desvio.

O torneio prossegue na terça-feira, com o grupo B e um promissor Portugal-Espanha, as duas seleções que ganharam no primeiro dia. Os derrotadas da primeira jornada, Sérvia e Macedónia, jogam entre si.

Autor: Lusa