Quando os adversários falam em Portugal, fazem-no com respeito. Celades, por exemplo, afirmou que a equipa das quinas era a mais forte do Europeu. É música para os ouvidos de Rúben Semedo, mas o central não se quer deixar dormir à sombra dos elogios.

"É sempre bom ser reconhecido pelo que temos feito. É mais um incentivo. Sabemos o que queremos e é bom sermos visto como uns dos melhores. Mas não importa só ser visto. É preciso provar isso em campo", atirou o central, que vai representar o Villarreal na próxima época.

"É um jogo como qualquer outro. Queremos a vitória. Não tenho nada para provar a ninguém. Vou pensar na Seleção e não no clube", afirmou.

Além de destacar o "entrosamento muito fácil com Edgar Ié", central com quem já jogava na formação do Sporting, Semedo ainda falou da experiência na... Champions.

"A experiência é sempre boa, mas isto é diferente do que vivi na Champions", destacou o defesa, que não pensa em dar o salto... agora.

Autor: Pedro Gonçalo Pinto