Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

UEFA abre inquérito disciplinar à Polónia por alegados atos racistas dos seus adeptos

Organismo máximo do futebol europeu investiga incidentes ocorridos no jogo frente a Itália

• Foto: Reuters
A UEFA abriu um inquérito disciplinar à Polónia por alegados atos racistas por parte dos seus adeptos no jogo frente a Itália, da Liga das Nações, enquanto a República Checa e a Ucrânia enfrentam acusações por distúrbios.

Estes são os primeiros casos disciplinares na Liga das Nações de futebol, mas a UEFA não especificou que atos de racismo foram cometidos pelos adeptos polacos no jogo de sexta-feira, em Bolonha, frente à Itália, que terminou com um empate a um golo.

No entanto, o organismo máximo do futebol europeu esclareceu que o caso será avaliado e discutido no próximo dia 21 de setembro.

Já em relação aos casos disciplinares ocorridos no jogo de quinta-feira entre a República Checa e a Ucrânia, a UEFA esclareceu que os mesmos se prendem com invasões do relvado por parte dos adeptos de ambas as seleções, embora no caso dos ucranianos a acusação se estenda a estragos nas bancadas e arremesso de objetos. A Ucrânia venceu por 2-1.

A República Checa arrisca ainda uma penalização por atraso no início do jogo devido a um problema com os holofotes do estádio, mas todas as situações em torno deste jogo serão analisadas pela UEFA no dia 27 de setembro.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M