Os futebolistas internacionais sub-20 da Venezuela e Uruguai envolveram-se este sábado em confrontos no átrio do hotel de Suwon, na Coreia do Sul, revelaram testemunhas à AFP.

Na quinta-feira as duas seleções tinham-se defrontado nas meias-finais do Mundial de sub-20, num jogo em que a Venezuela se apurou para a final, no domingo com a Inglaterra, depois de vencer o Uruguai no desempate por grandes penalidades (1-1, 4-3).

De acordo com uma testemunha citada pela agência francesa, os incidentes começaram no átrio do Hotel Ramada em Suwon perto das 21 horas locais (13 horas de Lisboa), primeiro com alguns insultos e depois com confrontos físicos entre membros das duas delegações.

A mesma testemunha disse não estar em condições de nomear quais os jogadores e membros do staff de cada equipa que estiveram envolvidos, nem o número de pessoas.

A situação obrigou à presença da polícia sul-coreana, que chegou ao local em dez minutos, e a AFP revela ter visto cerca de 20 agentes da autoridade no local, com o objetivo de reporem a calma.

A FIFA, diz também a AFP, não quis reagir os incidentes.

Autor: Lusa