O avançado Sergio Agüero desmaiou no intervalo do encontro entre a Argentina e a Nigéria, sendo de imediato transportado a um hospital de Krasnodar, na Rússia, onde se realizou a partida, para realizar exames. De acordo com os responsáveis argentinos, tudo não passou de um susto.

"Ele sentiu-se mal duas vezes e, face à história médica dele - foi operado quando tinha 15 anos -, queríamos ter a certeza que não era nada de especial. Levamo-lo ao hospital para termos a certeza que tudo estava normal", adiantou o médico da seleção argentina, Donato Villani, que acompanhou o jogador.

Segundo informações divulgadas pelo diário 'Olé', o desmaio não terá passado de um episódio de fraqueza muscular, e o Manchester City, clube onde alinha Agüero, também já anunciou que não há motivos para preocupação, informando que o avançado já recebeu autorização para regressar a Inglaterra como estava planeado.

"Sergio nunca perdeu a consciência e foi transportado ao hospital para fazer exames médicos por precaução", adiantou o clube inglês, acrescentando que o jogador será reavaliado pela equipa clínica dos citizens para saber se poderá ser opção frente ao Leicester City, no sábado.

Recorde-se que a Argentina perdeu com a Nigéria por 4-2, depois de ter estado a vencer por 2-0, sendo o segundo golo da autoria de Agüero. Ao intervalo, a turma alviceleste ainda ganhava por 2-1, mas acabou por sofrer três golos na segunda parte, já sem o avançado do City, substituído por Benedetto.