Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

França ou Croácia: afinal qual delas é a geração de ouro?

Uma seleção disputa a segunda final internacional no espaço de dois anos, a outra ... pretende fazer história!

Tiquetaque, tiquetaque... à medida que os ponteiros do relógio avançam, cresce também a ansiedade de franceses e croatas. As duas formações europeias partiram para a Rússia, no início de junho, com a ambição de conquistarem o Mundo. Desbravaram terreno, andaram de cidade em cidade, derrubaram obstáculos e agora estão frente a frente... num duelo titânico que promete colocar o Estádio Luzhniki em ebulição!

A França quer repetir o feito de 1998, quando conquistou o Campeonato do Mundo em casa, ao vencer (3-0) o Brasil na final. Mas mais do que querer voltar a erguer o troféu conquistado há 20 anos, os franceses pretendem vingar a final do Europeu’2016, quando perderam o mais importante troféu de seleções do velho continente para Portugal, após um lance de génio de Eder... este sim é um trauma que persiste na memória dos gauleses e que servirá de tónico para a final de hoje. Dessa seleção resistem 9 jogadores (Lloris, Mandanda, Rami, Umtiti, Kanté, Matuidi, Pogba, Griezmann e Giroud) mas a França pode gabar-se de ter uma geração abençoada, uma vez que vai disputar a segunda final de uma prova internacional no espaço de dois anos e cinco dias... utilizando 37 atletas!

Já a Croácia quer fazer história e vai tentar fazer o que ainda não foi feito, mas uma coisa é certa: seja qual for o resultado, esta seleção croata já superou o melhor resultado de sempre num Campeonato do Mundo: também em 1998, a Croácia alcançou o bronze depois de ter ganho (2-1) à Holanda no jogo de 3º e 4º lugares. Agora, num encontro que também pode ser encarado como um ‘ajuste de contas’, os croatas vão ter que rezar, até para poderem contar com Ivan Perisic, ele que tem apresentado queixas musculares e ainda não treinou depois do encontro com a Inglaterra. Lesões à parte, o extremo do Inter foi elogiado pela Federação Sérvia de Voleibol pelo seu talento multifacetado... sim, no ano transato disputou uma etapa do circuito mundial de voleibol de praia! São, sem dúvida, duas gerações predestinadas mas... qual é a geração de ouro? Hoje vê-se.

Will Smith na despedida

A cerimónia de encerramento do Mundial começa meia hora antes da final e conta com a presença do músico latino Nicky Jam e também do ator Will Smith.
Por Daniel Monteiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial 2018

Notícias
M M