Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Gernot Rohr: «Jogo com a Argentina será uma final»

Selecionador da Nigéria já projeta duelo decisivo

• Foto: EPA
Gernot Rohr, selecionador da Nigéria, abordou a vitória desta sexta-feira diante da Islândia sublinhando que a equipa melhorou na segunda parte. O técnico projetou ainda o decisivo duelo com a Argentina, na próxima jornada.

Análise ao jogo

"Fomos uma equipa diferente na segunda parte, percebemos que tínhamos de jogar melhor. Na primeira parte, a Islândia foi muito melhor, mas não marcou. Agradeço-lhes pela luta, foi uma luta muito dura, muito boa, e respeito esta equipa pela atitude, durante e após o jogo. A estratégia para hoje, como viram, assentou num 3-5-2, uma mudança. Na segunda parte, tivemos mais espaço e a velocidade de Musa, por exemplo, deu resultados interessantes para nós. Tecnicamente, no meio campo, tivemos melhores possibilidades para jogar a um ou dois toques, mas a Islândia, que é a 20.ª equipa no mundo - nós somos 28.º - é uma grande equipa, e desejo-lhes a maior das sortes."

Próximo jogo decisivo

"O jogo com a Argentina será uma final, porque se ganharmos apuramo-nos. Vamos jogar para ganhar. Jogámos com eles num amigável, que vencemos, mas não tinham Lionel Messi. Sabemos que o podemos fazer, já temos a confiança de volta, mas continuamos com fome. Gosto na minha equipa, desta humildade, solidariedade e espírito de luta. Cometemos pequenos erros, por jogadores jovens, que ainda não têm muita experiência. Este Mundial está a vir cedo, porque estamos a apontar para 2022, mas é uma boa oportunidade para ganhar experiência".
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial 2018

Notícias
M M