Assinatura Digital

Grupo I: Islândia arrasa na Turquia e está com um pé no Mundial

Croácia perdeu a liderança ao deixar-se empatar frente à Finlândia aos 90'

Foto: Reuters

A Islândia está perto de alcançar mais um feito inédito na sua história. Depois de ter participado, pela primeira vez, num Europeu - chegou aos quartos-de-final, em 2016 - os islandeses venceram, esta sexta-feira, na Turquia por uns esclarecedores 3-0 e alcançaram a primeira posição do grupo I. Vencendo o Kosovo, na última jornada, os nórdicos garantem a sua estreia em Mundiais.

A Turquia, que ainda estava na luta pela presença no Mundial'2018, foi surpreendida com um golo de Johann Gudmundsson, aos 12 minutos. Birkir Bjarnason, aos 39', ampliou a vantagem. Na segunda parte, antes que a Turquia ganhasse uma esperança em virar o jogo, a Islândia encarregou-se de fazer o resultado final, por Kari Árnason.

A seleção orientada pelo sueco Lars Lagerback alcançava uma vitória importante mas ainda acabou por receber mais uma boa notícia, na Croácia. A Finlândia surpreendeu a equipa de Modric, Rakitic e companhia, com um golo aos 90', depois de ter estado a perder, desde os 57', devido a um golo de Mario Mandzukic. O final dramático, marcado pelo tiro certeiro de Pyry Soiri, acabou por oferecer a liderança do grupo aos islandeses e atirar os croatas para o segundo posto.

Ainda no Grupo I, a Ucrânia não se deixou surpreender pelo Kosovo, embora só tivesse resolvido o jogo perto do fim. Os ucranianos acabaram por inaugurar o marcador com um autogolo de Leart Paqarada, aos 60' e Yarmolenko 'matou' o jogo aos 88'.

As contas do Grupo I

Entre as quatro equipas que ainda aspiravam a uma presença no Mundial à entrada desta jornada, a Turquia está, desde já, afastada, com 14 pontos. Finlândia, agora com oito pontos, e Kosovo, com apenas um, já não tinham hipóteses de chegar aos dois primeiros lugares.

A Islândia, com 19 pontos, já tem o playoff garantido e uma vitória frente ao Kosovo coloca a seleção no Mundial. Um empate poderá, também, dar o primeiro lugar do grupo mas os nórdicos teriam de esperar pelo desfecho do Ucrânia-Croácia, ambas com 17 pontos. Caso haja um vencedor nesta partida e o Islândia-Kosovo termine empatado, Islândia e Ucrânia/Croácia ficariam com 20 pontos. O desempate pelo primeiro lugar, neste caso, seria feito através da diferença de golos, primeiro critério de desempate - neste momento, a Islândia tem um saldo de sete golos positivos, a Croácia de nove e a Ucrânia de seis.

Ora, é mesmo essa diferença de golos que pode ser determinante num possível empate entre Croácia e Ucrânia. Como a Croácia está em vantagem, só precisa de empatar com o seu adversário direto para alcançar o segundo posto. Já aos ucranianos, só a vitória interessa.

Veja os resultados e as classificações do apuramento para o Mundial'2018

PUB