Fez o seu terceiro jogo por Portugal mas não vestia a camisola da seleção principal desde novembro de 2015. Gonçalo Guedes colocou ontem um ponto final numa ausência de quase dois anos, voltando a ser suplente utilizado.

O dianteiro, de 20 anos, considera que Portugal "fez um bom jogo e alcançou uma vitória importante", não deixando de comentar a rara condição de suplente a que Cristiano Ronaldo foi ontem sujeito. "Foi uma opção do treinador, sabemos que faz toda a diferença. Entrou, fez golo e foi o mais importante", vincou. O avançado do Valencia aponta agora ao confronto com os suíços, crucial para perceber se Portugal vai ao Mundial’2018 com entrada direta ou se tem de passar pelo playoff: "Vai ser difícil, mas junto dos nossos adeptos só vamos pensar em vencer."