Figura a meio da semana por causa da sua substituição precoce no duelo do RB Leipzig diante do Besiktas, Timo Werner foi esta segunda-feira dispensado dos trabalhos da seleção alemã, precisamente devido ao problema que sofreu no encontro da Liga dos Campeões, em casa dos turcos. Nesse jogo, recorde-se, Werner saiu de campo logo aos 32 minutos, alegadamente por causa do imenso ruído que vinha das bancadas, que o deixou com "problemas circulatórios e respiratórios".

De acordo com o Leipzig, adversário do FC Porto precisamente na fase de grupos da Champions, o avançado sofreu um bloqueio do músculo cervical e da articulação maxilar, que o obrigará a ficar fora dos relvados por mais algum tempo (a data de regresso não foi revelada).

Apesar da saída de Werner dos convocados, a qual se junta às ausências já conhecidas de Manuel Neuer, Jonas Hector, Mario Gomez, Mesut Özil e Sami Khedira, Joachim Löw acabou por não convocar um substituto, mostrando plena confiança nos jogadores já convocados para levar de vencidas as seleções da Irlanda do Norte (quinta-feira, fora) e do Azerbaijão (domingo, em casa). Caso some 1 ponto num desses encontros, a Alemanha assegura desde já o apuramento para o Mundial'2018.

Timo Werner não aguentou o ruído dos adeptos do Besiktas... e pediu para sair

Timo Werner não aguentou o ruído dos adeptos do Besiktas... e pediu para sair


Autor: Fábio Lima