Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Courtois vai processar antigo selecionador belga por "calúnia e difamação"

Palavras de Wilmots também visaram pai do guarda-redes belga do Chelsea

• Foto: Reuters
O guarda-redes belga Thibaut Courtois vai avançar com um processo ao antigo selecionador belga Marc Wilmots por "calúnia e difamação".

O guarda-redes do Chelsea e o seu pai vão avançar com ações judiciais devido às recentes declarações de Wilmots, que atribuiu a Courtois a responsabilidade pela eliminação da seleção no Euro'2016 frente ao País de Gales.

Em entrevista à estação televisiva francesa beIN Sports, Wilmots foi questionado pela alegada relação difícil com o guarda-redes: "Tenho um problema quando vejo que a minha seleção é divulgada aos jogadores às 18 horas e às 18H15 está nas redes. Isso quer dizer que um jogador vendeu a seleção, isso é grave", referiu Wilmots, acrescentando conhecer "vários jornalistas franceses provaram que era o pai [Thierry] Courtois que o fazia".

De acordo com o guarda-redes, esta não é a primeira vez que Wilmots faz "publicamente e gratuitamente" acusações "atentatórias à honra", justificando a decisão de intentar o processo judicial.

O País de Gales venceu a Bélgica por 3-1, nos quartos de final do Euro'2016.

Wilmots, que orientava a seleção belga desde 2012, deixou o cargo de selecionador depois do torneio, rescindindo o contrato que era válido por mais dois anos.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M