Gianluca Vialli, lembra-se dele? O antigo internacional italiano, agora com 53 anos, é comentador desportivo da Sky Italia e mostrou-se agradecido por tudo o que o futebol lhe deu durante a sua carreira.

"O futebol deu-me tudo. Comprei a minha primeira casa, o primeiro carro... Mas o mais importante ainda, tive sexo pela primeira vez por causa do futebol. Se não fosse o futebol ainda era virgem!", exclamou o antigo jogador da Sampdoria, Juventus e Chelsea. Recorde-se que Peter Crouch, avançado do Stoke City, tinha dito que se não fosse futebolista seria... virgem.

Quanto a Vialli, abordou ainda o futuro dos antigos jogadores. "Neste momento há tantos nesta indústria do futebol. Penso que o mais importante é encontrarmos algo útil, inovador, que faça a diferença em prol do desenvolvimento do desporto", afirmou Vialli, que tem uma empresa de crowdfunding chamada Tifosy. "Já fizemos algumas coisas importantes", contou o italiano. Por exemplo, a sua empresa já ajudou a construir um relvado para as camadas jovens do Portsmouth. Com o auxílio da sua empresa, o Parma conseguiu fazer o seu próprio museu. "É uma plataforma que permite aos adeptos ajudar e tornar os clubes mais sólidos. E isso é gratificante", resumiu Vialli, que terminou a carreira em 1999.

Autor: Diogo Jesus