O capitão do Barcelona, Andrés Iniesta, disse esta sexta-feira que vai continuar a jogar "até conseguir dar o suficiente" ao clube catalão, líder do campeonato espanhol com o qual acaba de assinar um contrato vitalício.

Iniesta agradeceu a "oportunidade e confiança" do clube e do presidente, Josep María Bartomeu, que observou que, "em 118 anos de história, foi a primeira vez que um jogador da primeira equipa de futebol assina um contrato vitalício".

"É um acordo excecional, que encherá de satisfação os adeptos do clube", assinalou Bartomeu, afirmando que o médio internacional espanhol, de 33 anos, "é uma referência para as futuras gerações".

Iniesta jogou toda a sua carreira no Barcelona, desde os infantis, em 1996, e atualmente é o grande símbolo do clube, assumindo a braçadeira de capitão da equipa espanhola.

O médio tem 639 jogos realizados e 55 golos, desde que se estreou na equipa principal em 29 de outubro de 2002.

O jogador é o primeiro capitão desde o verão de 2015 e um símbolo culé, num percurso iniciado em 1996, quando, com 12 anos, se juntou ao clube, e, juntamente com Messi, é o jogador com mais títulos na equipa.

Autor: Lusa