Analisando a lista de votações esta segunda-feira divulgada pela FIFA, relativa aos prémios da Gala The Best FIFA, é possível perceber que, tal como no ano passado, o voto atribuído a Carlos Queiroz, agora ex-selecionador do Irão, para melhor jogador do Mundo não foi para Cristiano Ronaldo. O avançado português foi o segundo na lista iraniana, atrás de Lionel Messi. Contudo, de referir que no Irão é habitual este tipo de votações ser feita de forma coletiva, englobando as escolhas de todos os treinadores da Primeira Divisão e, igualmente, o voto do próprio selecionador.

Para lá da ausência de Ronaldo no topo do prémio de melhor jogador do Mundo, nota ainda para o facto de os votos atribuídos a Queiroz deixarem Fernando Santos fora do pódio no que ao melhor treinador diz respeito. Neste caso, os votos iranianos foram para Pep Guardiola, Diego Simeone e Jürgen Klopp.

De resto, de referir que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não trocaram votos entre si. Messi votou em três colegas de equipa (Luis Suárez, Neymar e Andrés Iniesta), assim como Ronaldo, que votou em Gareth Bale, Luka Modric e Sergio Ramos.

Consulte todos os votos

- Melhor jogador do Mundo
- Melhor treinador do Mundo

Autor: Fábio Lima