O antigo avançado costa-marfinense Georges Griffiths morreu na noite de quinta-feira depois de ter sido baleado por assaltantes em Abidjan, capital da Costa do Marfim. O malogrado futebolista, de 27 anos, tentava impedir o roubo do seu automóvel.

Griffiths destacou-se ao serviço do Sirocco San Pedro e do ASI Abengourou, clubes do país natal, rumando em 2013 à Europa, onde alinhou nos checos do Sparta Praga e nos húngaros do Lombard-Pápa e do Diosgyor, tendo passado as últimas três épocas neste último clube. O avançado foi ainda internacional sub-23 pela Costa do Marfim.