Kingsley Coman foi esta quinta-feira condenado por violência doméstica. O avançado francês do Bayern Munique terá de pagar uma multa de cinco mil euros.

No final de junho, Coman, de 21 anos, foi detido para interrogatório, após a sua ex-namorada ter apresentado queixa de violência doméstica. O jogador admitiu os factos e declarou-se culpado perante o tribunal.

Coman chegou ao Bayern Munique em 2015/2016, cedido pela Juventus, tendo o clube germânico exercido o direito de opção de compra no final da época transata. Esta temporada, Coman alinhou nos seis jogos já disputados e marcou 1 golo.