O Borussia Dortmund está dividido em relação à idade de Youssoufa Moukoko, um rapaz que chegou à Alemanha em 2014 proveniente dos Camarões e que integra o escalão sub-17 apesar de ter apenas 12 anos, situação que tem vindo a abordada em meios de comunicação social de todo o Mundo.

Timo Preus, treinador dos sub-23 do clube, questionou a idade do avançado que já representou os sub-16 da Alemanha e embora o tenha ilibado de qualquer responsabilidade numa eventual fraude, e não escapou a uma reação enérgica do coordenador da formação, Lars Ricken...

"Com o Youssoufa imagino que a idade tenha sido meramente indicativa. Pode ser que talvez ele seja um ou dois anos mais velho, mas de certeza de que não tem 17 anos", adiantou Preus em entrevista ao site 'Spox', ressalvando ainda: "Tudo isto é muito difícil para ele. Não o podemos culpar em nada, o miúdo não pretende enganar ninguém."

Ricken, antigo médio que fez toda a carreira no Borussia Dortmund, não perdeu tempo a corrigir o subordinado em declarações ao jornal 'Ruhr Nachrichten': "Ele tem mesmo 12 anos. É um facto e não há qualquer dúvida em relação a isso."

"Têm sido publicadas algumas notícias sobre ele que são uma verdadeira desilusão. Está a jogar nos sub-17 porque acreditamos que em termos desportivos aquele é o escalão ideal para ele. Joga numa equipa muito boa e tem companheiros que o apoiam muito bem", acrescentou o dirigente, referindo-se ao número de golos marcados por Moukoko.

Desde que se transferiu do St. Pauli em 2016, o avançado fez 33 golos em 15 jogos (esta temporada leva 17 em oito...), aos quais se somam três em quatro jogos pela seleção sub-16 da Alemanha.

Refira-se que Joseph Moukoko, pai de Youssoufa, afirma que o filho tem mesmo 12 anos mas recusa que este seja submetido a testes médicos que confirmariam a idade.

Há um miúdo de 12 anos a arrasar nos... sub-17 do Borussia Dortmund

Há um miúdo de 12 anos a arrasar nos... sub-17 do Borussia Dortmund