O 1.º de Agosto consolidou este domingo a liderança do campeonato nacional angolano, ao vencer na deslocação ao Moxico e beneficiando do empate no dérbi de Luanda entre Petro de Luanda e Kabuscorp, outros dois candidatos ao título.

No Luena, capital da província do Moxico, valeu à equipa do 1.º de Agosto, de Luanda, o golo solitário de Anderson Guelor, aos 47 minutos, para carimbar os três pontos da jornada para a equipa campeã em título, reforçando a vantagem no topo do Girabola, apesar da forte pressão dos homens do Bravos do Maquis, que venderam cara a derrota.

No dérbi de Luanda, que terminou às 18:00, uma hora depois de conhecida a vitória do 1.º de Agosto, entrou melhor o Kabuscorp do Palanca, com Jaques a inaugurar o marcador aos nove minutos.

A reação do Petro de Luanda só chegou no fechar da primeira parte, aos 46 minutos, com o golo de Job a dar o empate. O resultado não sofreu qualquer alteração durante toda a segunda parte, deixando as duas equipas igualadas no segundo lugar da tabela, com 38 pontos, e agora com a companhia do Sagrada Esperança, que no sábado venceu em casa, na Lunda Norte, o Recreativo da Caála, em casa, por 2-0.

O Petro de Luanda está agora a nove pontos do líder, mas tem quatro jogos em atraso, devido aos compromissos anteriores da seleção nacional de futebol, que é treinada por Beto Bianchi, que também treina a equipa dos petrolíferos de Luanda.

A jogar em casa, na vila do Calulo, o Recreativo do Libolo, do treinador português Carlos Vaz Pinto, não foi além de um empate. Marcou primeiro Sténio, para o Progresso da Lunda Sul, logo aos 15 minutos, enquanto o golo da igualdade surgiu apenas aos 61 minutos, por Paizinho.

Com este resultado, o Libolo fica a 13 pontos da líder 1.º de Agosto e, apesar de ter dois jogos ainda em atraso, pode ter condicionado o objetivo de reconquistar o título de campeão nacional angolano, que garantiu em 2014 e 2015.

Nos jogos de domingo nota ainda para as vitórias fora de casa do Interclube, que foi ao terreno do 1.º de Maio, de Benguela, por 2-1, o mesmo resultado que o Académico do Lobito fechou no Lubango, frente aos locais do Desportivo da Huíla.

A jornada 21 do Girabola arrancou na sexta-feira, com um dérbi de Luanda, entre o Progresso do Sambizanga e o ASA, que terminou com uma igualdade a uma bola, enquanto no sábado, num jogo entre 'aflitos', o Santa Rita de Cássia bateu em casa, no Uíge, o JGM Huambo por 4 a 1.

Resultados da 21.ª jornada:

- Sexta-feira, 28 jul:
Progresso do Sambizanga-ASA, 1-1

- Sábado, 29 jul:
Sagrada Esperança-Recreativo da Caála, 2-0
Santa Rita de Cássia-JGM Huambo, 4-1

- Domingo, 30 jul:
Petro de Luanda-Kabuscorp do Palanca, 1-1
Bravos do Maquis-1.º de Agosto, 0-1
1.º de Maio-Interclube, 1-2
Desportivo da Huíla-Académica do Lobito, 1-2
Recreativo do Libolo-Progresso da Lunda Sul, 1-1

Classificação:

1. 1.º de Agosto, 47 pontos.
2. Petro de Luanda, 38 pontos (menos quatro jogos).
3. Kabuscorp, 38.
4. Sagrada Esperança, 38.
5. Recreativo do Libolo, 34 (menos dois jogos).
6. Recreativo da Caála, 29.
7. Interclube, 29 (menos dois jogos).
8. Progresso do Sambizanga, 27 (menos três jogos).
9. 1.º de Maio, 24.
10. Bravos do Maquis, 24.
11. Desportivo da Huíla, 23.
12. ASA, 19 (menos um jogo).
13. Académica do Lobito, 18.
14. Santa Rita de Cássia FC, 18.
15. JGM Huambo, 17.
16. Progresso da Lunda Sul, 15 (menos dois jogos).

Autor: Lusa