Depois de ter ganho três jogos seguidos no arranque da Série A2 do campeonato pernambucano, o Íbis parece ter deixado para trás o estatuto de 'pior equipa da Mundo', alcunha pela qual o clube ficou conhecido devido ao 'hábito' das derrotas. E, no domingo, frente ao Centro Limoeirense, o Íbis pode fazer história, pois nunca conseguiu quatro vitórias consecutivas na sua história. Mas o sucesso para não estar a agradar a todos. 

Enquanto os jogadores festejam o bom momento da equipa, que lidera o respetivo campeonato, os adeptos protestam face a 'perda' de estatuto. A contestação começou nas redes sociais, mas até mesmo Mauro Shampoo, um dos símbolos da equipa que fez história nos anos 80 do século passado - o antigo avançado jogou 10 anos no clube e marcou apenas um golo, numa derrota por 8-1 -, pede a demissão do treinador e da direção devido às... vitórias.
 
"O pessoal está revoltado. Os adeptos estão revoltados. Há gente que está apoiando, mas acho que é a família dos jogadores. Se ganhar o quarto jogo seguido no domingo, não sabemos o que fazer. Todos pedem a demissão do técnico e para o presidente sair. Estão a perseguir quem fez os golos, para lhes bater na rua", referiu Nilsinho Filho, em tom bem humorado, em declarações ao site 'Globoesporte'.

Autor: António Carlos. Rio de Janeiro. Brasil