O Cruzeiro conquistou quarta-feira pela quinta vez a Taça do Brasil em futebol, segundo troféu mais importante do país, ao bater o Flamengo por 5-3, no desempate por grandes penalidades.

Depois do empate 1-1 na primeira mão, no Maracanã, registou-se um 'nulo' nos 90 minutos no Mineirão, na segunda, e o título foi decidido nos penáltis, com os anfitriões a marcarem os cinco e os forasteiros a falharem um, pelo médio ex-portista Diego.

Com este triunfo, o Cruzeiro igualou o Gremio na liderança do ranking de vitórias na prova, com cinco, e conquistou automaticamente um lugar na próxima edição da Taça dos Libertadores.

O Mineirão bateu o recorde de assistência, com 61.017 espetadores, contra os 58.141 que tinham estado na célebre meia-final do Mundial de 2014, em que a Alemanha goleou o Brasil por 7-1.

Autor: Lusa