Atual jogador do Watford, Marvin Zeegelaar esteve muito próximo de, ainda antes de se mudar para Inglaterra, reforçar o Sevilha. O negócio chegou mesmo a estar praticamente fechado, mas a inclusão de determinadas cláusulas, nomeadamente uma que impedia o holandês de rumar futuramente a Benfica e FC Porto, acabou por deitar tudo a perder. Esta terça-feira, em declarações à Canal Sur Radio, o diretor desportivo dos andaluzes abordou o caso e recordou todo o processo.

"Sobre a situação de Zeegelaar correu demasiada tinta... O jogador chegou a vir a Sevilha e cumpriu os exames médicos. Estávamos apenas à espera de assinar os contratos e, nessa troca de documentos, o Sporting incluiu umas cláusulas de penalização sobre o jogador, mudaram uma série de coisas que nem sequer tinham sido faladas. Ainda tentámos modificar a situação. Eles não queriam que o jogador reforçasse no futuro o Benfica ou FC Porto. Acabámos por nos cansar e apontámos baterias para outras opções", referiu Óscar Arias.

Autor: Fábio Lima