A última jornada da Ligue 2 teve um final impróprio para cardíacos. Com seis equipas ainda na luta pelos dois lugares de subida direta à Ligue 1 e mais um no playoff, o Estrasburgo e o Amiens foram os grandes vencedores do dia, garantindo esta sexta-feira a promoção à elite do futebol francês. Já o Troyes irá disputar a outra vaga com 18.º classificado do primeiro escalão, a definir este sábado.

Líder à entrada para a derradeira ronda, o Estrasburgo confirmou a conquista do título e a subida de divisão ao vencer por 2-1 em Bourg-en-Bresse, marcando os dois golos logo nos primeiros 20 minutos. Assim, garantiram o regresso à Ligue 1 nove anos depois da última presença entre a elite e assegurando a segunda subida consecutiva, pois ainda na época passada jogavam no 3.º escalão.

Mais complicada foi a tarefa do Amiens, que vai estrear-se na principal divisão gaulesa na próxima época. Obrigados a vencer em Reims para manter o 2.º lugar, acabaria por chegar à vitória, também por 2-1, com um golo de Emmanuel Bourgaud aos 90'+6, quando os outros jogos já tinham inclusivamente terminado. Um final dramático que obrigou o Troyes (venceu em Sochaux por 3-2) a ter de se contentar com o playoff. 

Pelo caminho ficaram os restantes três candidatos à subida, apesar de todos eles terem ganho os respetivos encontros: o Lens (4.º) bateu o Niort (3-1); o Brest (5.º) goleou o Gazélec (6-2); e o Nimes (6.º) triunfou por 2-1 em Laval.

Desta forma, o campeão Estrasburgo - clube que conta com três jogadores luso-franceses: Vincent Nogueira, Anthony Gonçalves e Laurent dos Santos - terminou apenas com três pontos de vantagem sobre o 6.º classificado, naquela que foi a edição da Ligue 2 mais disputada de sempre, pelo menos no que diz respeito aos lugares da frente.