Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Falcão sai do banco para salvar o Monaco

Colombiano sela reviravolta e triunfo (2-1) frente ao Dijon

• Foto: Reuters
O Monaco deu mais um passo rumo ao título ao vencer (2-1) o Dijon, voltando a contar com três pontos de vantagem sobre o PSG. Mas as coisas não foram fáceis para a equipa de Leonardo Jardim, que esteve a perder e só conseguiu a reviravolta graças a um sensacional golo de Radamel Falcão, na cobrança de um livre direto.

Na ressaca do triunfo em Dortmund, para a Liga dos Campeões, os monegascos - que contaram com Bernardo Silva no onze e João Moutinho a partir dos 84' - chegaram ao intervalo em desvantagem, depois de Cédric Varrault, veterano defesa de 37 anos, ter adiantado o Dijon aos 42', numa oportuna recarga.

Depois, tudo mudou na segunda parte. Jardim lançou Lemar ao intervalo e Falcão aos 60', chegando ao empate através de Dirar, aos 69', na sequência de um livre em que o colombiano atirou à trave. E o ex-portista acabaria mesmo por garantir a vitória aos 81', num disparo indefensável, igualmente de livre direto. Pelo meio, os monegascos ainda viram um golo anulado a Glik (74'), por fora de jogo de... Falcão. 

Com o triunfo, o Monaco passa a somar 77 pontos, mais três do que o PSG - e uma vantagem avassaladora na diferença de golos, o primeiro fator de desempate -, quando faltam seis jogos por realizar a ambas as equipas.

Veja o direto do jogo e a classificação da Ligue 1.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M